Especialização ou mestrado: o que é melhor para sua carreira?

Por:digitalpixel
Blog

12

Mar 2019

Até alguns anos atrás, para ter uma carreira de sucesso bastava ostentar um belo certificado universitário. A graduação ainda era raridade, e por isso já garantia um bom diferencial competitivo. Mas os tempos mudaram e o diploma da faculdade passou a ser apenas o ponto de partida. Porém, na hora de começar a educação continuada, muita gente ainda fica na dúvida entre fazer uma especialização ou um mestrado.

E você, sabe qual é a diferença entre elas? Neste post, vamos esclarecer a sua dúvida. Então, continue a leitura e saiba em que situações cada uma delas é indicada. Dessa forma, será possível fazer uma escolha consciente e não se arrepender depois. Acompanhe!

Mestrado — para que serve e quando fazer?

Ninguém pode negar que carregar o título de Mestre deve dar um tremendo orgulho. Afinal, para consegui-lo a pessoa precisa fazer muito mais do que assistir às aulas. Existem algumas matérias iniciais, mas a maior parte do esforço de quem faz o mestrado acontece fora desse ambiente.

Do ponto de vista legal, o mestrado é classificado como Stricto Sensu. Essa expressão, que vem do latim, significa “em sentido específico” e define muito bem o objetivo desse tipo de curso. Quem decide se tornar mestre escolhe, com a ajuda de seu orientador, um tema delimitado, uma pergunta que ela considera relevante responder para que haja um avanço do conhecimento naquela área. Essa será sua tese.

Então, a pessoa dedica seus próximos meses ou anos ao estudo desse tema.  Ela consulta o que outras pesquisas já descobriram sobre o assunto em inúmeras fontes bibliográficas. Depois, estabelece um método para investigar se sua tese é verdadeira. Este processo pode envolver pesquisas de campo, de laboratório (quando a área exige), aplicação de protocolos e coleta de dados.

Depois de todo esse trabalho, ela analisa todas as informações que coletou e chega a uma conclusão. Para escrever dissertação, ela usa os dados para confirmar se sua tese estava certa ou não. Cada argumento precisa ser embasado de forma clara e precisa.

Finalmente, a pessoa defende a tese diante de uma banca. Ela é formada por especialistas nessa área, que analisam as informações, fazem perguntas e apontam possíveis incoerências ou divergências. Se o candidato consegue provar seus argumentos pelos dados, ele obtém o título de mestre.

Qual é a função do mestrado no mercado de trabalho?

O fato de um profissional se tornar mestre não atesta que ele sabe tudo sobre sua área. O título mostra que ele aprofundou muito seu conhecimento, mas sobre um tema específico. Quem alcança este nível acadêmico está apto a dar aulas em universidades e atuar no setor de pesquisa dessas instituições, principalmente orientando outros alunos.

Portanto, o mestrado direciona o profissional para a carreira acadêmica. Esse título não tem o mesmo peso no mundo dos negócios, por exemplo, onde as empresas valorizam quem adquire conhecimento prático para enfrentar os desafios do mercado.

Especialização — para que serve e quando fazer?

A proposta da especialização é completamente diferente. Esse tipo de curso não é oferecido pensando em preparar o profissional para a carreira acadêmica. O objetivo é fazer dele uma pessoa mais preparada para enfrentar os desafios do mercado de trabalho e do mundo corporativo, trazendo o que existe de mais relevante em cada área de atuação.

Diferentemente do mestrado, a especialização é classificada como Lato Sensu — ou seja, é uma formação de sentido mais amplo que o mestrado. Nesse curso, o aluno assiste às aulas, realiza trabalhos propostos pelos professores, entrega projetos práticos de aplicação do conhecimento, entre outras atividades.

Em geral, os professores da especialização não são acadêmicos. Em alguns casos isso acontece, mas principalmente quando se trata de um curso voltado ao mundo dos negócios, as instituições procuram convidar profissionais que atuam no mercado. Assim, eles contribuem com experiência prática e trazem situações reais para os alunos analisarem e entenderem como esse conhecimento pode ser aplicado.

Qual é a importância da especialização no mercado de trabalho?

A especialização é fundamental para qualquer profissional que deseja se destacar no mercado de trabalho. Ela é um requisito essencial para quem deseja conquistar cargos de liderança dentro das organizações. Esse tipo de título cria um diferencial competitivo importante, que enriquece o currículo e comprova que a pessoa está preparada para apresentar um nível de desempenho superior.

Em algumas profissões, a especialização é a única via de acesso. É o caso do Psicopedagogo, por exemplo. Só depois da certificação ele pode atender pacientes que apresentam dificuldades de aprendizagem e aplicar técnicas para ajudar essas pessoas a desenvolverem todo seu potencial.

A especialização também é muito valorizada no serviço público. Quem presta concursos sabe que, além da prova tradicional, que pode ser objetiva ou dissertativa, existe também a prova de títulos. Ao apresentar diferentes certificados, o candidato soma pontos adicionais. Dessa forma, ele obtém uma classificação melhor e pode conseguir a vaga desejada.

Existe ainda outro benefício na especialização: uma pessoa pode fazer mais de um curso em um único ano e acumular vários títulos. Isso é possível graças à modalidade intensiva. Assim, o profissional consegue acelerar muito seu progresso na carreira ou aumentar suas chances de passar à frente de outros candidatos em concursos.

Especialização ou mestrado — qual opção escolher?

A resposta a essa pergunta depende unicamente de um critério: seu objetivo profissional. Se a sua intenção é realmente ingressar na vida acadêmica, trabalhar em universidades e realizar pesquisas, aposte no mestrado. Já se o seu objetivo é ser um profissional de destaque no mercado, atuando tanto em instituições privadas quanto públicas, a especialização é a melhor alternativa.

Portanto, o que importa não é o glamour do título escolhido. No final das contas, o que vai fazer diferença na sua vida são as oportunidades que cada tipo de curso proporciona. É muito importante levar isso em consideração ao elaborar seu plano de carreira. Só assim você saberá quais são os passos necessários para alcançar suas metas pessoais e concretizar seus sonhos.

Você já sabia dessas diferenças entre a especialização ou mestrado? Conhece outros amigos que também estão na dúvida e não sabem qual curso escolher? Então, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais? Eles vão gostar!


Compartilhe:

Faculdade Dom Alberto
Seja nosso parceiro, monte um polo de graduação EAD em sua cidade e conte com uma equipe especializada para auxiliar no crescimento de suas turmas, com a melhor remuneração do mercado.
Sim, tenho interesse!No momento não tenho interesse.

Deixe seu nome completo, (DDD)+Telefone, e-mail e escolha a opção desejada. Entraremos em contato com você.




 
Obrigado por escolhar a Dom Alberto.

R. Ramiro Barcelos, 892 - Centro, Santa Cruz do Sul - RS, 96810-054

0800 006-6370

contato@domalberto.edu.br